artigos

Não só são as mulheres que gostam de ver pornô gay

Por Korin Miller

Estudos têm mostrado que a sexualidade é flexível para as mulheres: Só porque você se identifica como hétero, não quer dizer que você não possa se excitar em uma fantasia com o mesmo sexo. Mas agora parece que o mesmo acontece com os homens.

Em um novo estudo publicado no Archives of Sexual Behavior, pesquisadores entrevistaram 821 homens héteros, bissexuais e gays para completar uma pesquisa online sobre como eles consomem mídia de sexo explícito (leia-se: pornô).

Os cientistas descobriram que homens que se identificam como gays e bissexuais reportaram “usar com uma frequência mais significativa” o pornô online se comparados aos héteros. Mas todos os homens entrevistados já assistiram algum tipo de pornô nos últimos seis meses. A maioria deles viu no computador ou no celular, mas alguns ainda assistiram em um DVD ou serviço de TV a cabo. Além disso, aqui está um fato interessante: “Homens heterossexuais foram os que mais reportaram assistir pornô no computador do trabalho”, disseram os pesquisadores.

E tem mais: Mais de 20% dos homens que se identificaram como hétero admitiram que assistem pornô gay com frequência (os pesquisadores também descobriram que 55% dos homens que se identificaram gay disseram assistir pornô heterossexual). E os vídeos escolhidos também continham bondage, sadomasoquismo, tortura e sounding (penetrar objetos na uretra).

Então o que significa se você descobriu que o seu parceiro gosta de assistir vídeos pornô com pessoas do mesmo sexo?

O terapeuta sexual Ian Kerner, de Nova York, diz que você não deve entrar em pânico e assumir que seu companheiro é gay. “O pornô que a pessoa assiste nem sempre está relacionado às suas preferências sexuais ou orientação, e pode expressar uma vasta gama de interesses sexuais”, diz ele. “O pornô nos permite explorar nossas curiosidades sexuais e tabus.”

Kerner diz que ele já trabalhou com muitos homens heterossexuais (e mulheres) que curtem pornô gay. “Geralmente, os homens são curiosos e estão em busca de alguma variedade”, diz ele. “E isso só é um problema para o cara quando faz parte de um conflito erótico mais profundo, por exemplo, quando o homem é gay e não assumido, ou está lutando contra um aspecto de sua identidade.”

O terapeuta ainda afirma que os especialistas estão começando a aprender mais sobre a flexibilidade sexual masculina, e o fato de os homens assistirem mais pornô gay é uma parte fundamental desse conhecimento.

Portanto, se você descobrir que o seu parceiro gosta de pornô gay, converse com ele sobre isso. Talvez ele esteja curioso ou queira tentar alguma coisa nova. Seja lá o que for, vale a pena conversar sobre o assunto.

Fonte: womens health brasil

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *